Leituras Interessantes-Dicas…Você já leu este?O que achou?

livro-empresarios no divã

Fiz uma leitura muito interessante, leve e reflexiva, sobre as diferentes relações entre sócios, dificuldades de gestão e conciliação da vida empresarial e familiar, falta de tempo, decisões precipitadas, problemas financeiros, convivência, produtividade, etc. Não entrarei no conteúdo, até porque recomendo como fui recomendada, somente farei uma reflexão do apanhado da minhas ideias a partir deste livro.

Acredito que cada leitura trará questionamentos e reflexões distintas, são muitos aspectos e acontecimentos importantes refletindo no dia a dia de uma pessoa que empreende. O que aprendi com esta leitura no geral é que o conhecimento de si mesmo é o fator crucial no destino de nossas escolhas.

Podemos seguir caminhos sob efeito de nossas vaidades, nossas emoções,  e se não soubermos conduzir nossas emoções e nossos desejos que não sejam desejos coletivos, partiremos para meios destrutivos. Como podemos ser mais racionais e não perder o foco nos objetivos que nos levaram a ter uma Empresa? Conhecendo nossas fraquezas e alimentando o que fortalece nossos sonhos, inspirando outras pessoas a embarcar em nossos ideais.

As relações Empresariais, como qualquer relação deve ser construída e mantida em lealdade e clareza, sem que as emoções sejam camufladas, abafadas ou sucumbidas. Nem sempre o que se pensa, é o que verdadeiramente está acontecendo e quando as pessoas se fecham, criam suas verdades, sem dar a chance do outro ter o conhecimento do que você está sentindo, ou observando. Os tratamentos são o maior problema de todas as situações, de como cada pessoa lida com suas emoções e de como transferem suas frustrações, raivas,decepções no outro. É necessário que haja um desarmamento de grosserias ao se tratar de assuntos que possam estar incomodando uma das partes, ou muitas partes. A clareza é outro ponto muito pouco discutido, o que se espera do outro e o que pode oferecer ao outro nem sempre está claro e a qualquer mudança de comportamento também não são colocados à tona, dificultando as relações. Isto tudo vai gerando uma bolha de destruição, decepções vão se acumulando e a saúde da Empresa vai se comprometendo de forma negativa, fazendo com que muitas percam o equilíbrio que já tiveram um dia. É preciso exercitar o próprio comportamento dentro e fora do trabalho, com as pessoas que lidamos e convivemos todos os dias. Melhorar o nosso dia a dia é fundamental para que tenhamos sensatez em nossas ações.

Conciliar a vida pessoal e a vida empresarial é uma tarefa árdua, sonhar o dar certo exige empenho, exige lutas e comportamentos leais. É possível organizar ambos os lados e buscar equilíbrio. Exige de nós muito propósito, para desviarmos do fracasso.

Precisamos questionar nossos pensamentos, nossos desejos e nossas ações. Não existe evolução sem processo de transformação interno.

Construir uma Empresa e mantê-la fluindo de maneira próspera é uma missão que deve ser proposta por todos que fazem parte dela e seus fundadores devem ser os exemplos de como ela deve ser conduzida, independente dos obstáculos que venham surgir.

Conhecer o que cada um tem de melhor em sua habilidade, suas aspirações e seus objetivos dentro da sua Empresa e inspirar ações que possam fazer da sua Empresa uma corporação produtiva, feliz e inspiradora,  fazem parte da inteligência geradora de Sucesso.SORRIA

Façamos da nossa consciência nosso maior divã, que ele seja o porto seguro de pensamentos construtivos e motivadores de ações que nos acrescente, que ajude a nos relacionar melhor com o outro e com nós mesmos.

Vamos a luta por não desistir dos nossos sonhos!

O que você está lendo no momento? Tem alguma dica para nós?

Texto: Rosângela Borges

 

 

Anúncios